O QUE NINGUÉM TE CONTA SOBRE TER QUASE 30.

by - setembro 04, 2018


Dia 02 de setembro foi meu aniversário. E juro, entendo perfeitamente quando criança e escutava que depois dos 20 a vida passa voando e nem conseguimos acompanhar. 

Me deu um deja vú, comecei a lembrar dos outros aniversários que tinha, quando  passávamos a madrugada enrolando brigadeiro e minha mãe nunca deixava eu ajudar porque o chocolate grudava na minha mão e ela sempre falava que tinha a mão muito quente, afinal na minha época não tinha salão, nem buffet, muito menos doce gourmet.

Não era nada oficial, era só a tia,padrinhos, amigos da família e o resto dos poucos amigos da família reunidos para aquele parabéns. Sem presentes caro, sem ter que colocar o nome na etiqueta antes de deixar em um caixote, sem uma recepcionista pra te levar a sua mesa.

Não tinha viagem para a Disney de presente, nem iphone, mas tinha balinhas de graminha na mesa, tinha correr com os amigos na varanda pra brincar de pique esconde.

Era o dia de comprar aquela roupa nova, sem fantasia ou algo temático, era dia de com quem será e de colocar a mão na frente da vela para poder novamente acender e soprar.

Não tenho inveja dessas festas de hoje em dia, mas sinto uma saudade das festas de antes. Sei da onde vim, valorizo tudo que meus pais fizeram por mim e sei que tudo isso contribui pra quem quem eu sou hoje na vida.

Não que essa nova geração vai ser fútil com todo seu glamour, mas jamais saberão a sensação de abrir um pacote e querer ganhar um brinquedo no lugar de meia, pijama ou calcinha.

O pessoal da antiga era feliz com coisa simples, e não que isso diminui nossa perceptiva, mas a gente vê essa nova geração e pensa: eu conto ou você conta!
Beijos e até o próximo! 💖

You May Also Like

23 comentários

  1. Saudade dessa época também Simone. As festas infantis hoje em dia são tão absurdas, dão até medo. Hahaha! Amava bolinho (e docinhos) feitos em casa, bagunça e brincadeiras sem a ajuda de recreador... Bons tempos!

    ResponderExcluir
  2. Si, eu me vi nesse post. Tenho 28 anos e vivi a mesma década que tu. E que década mais gloriosa aquela, né? Brincávamos na rua até tarde da noite, ainda brigávamos porque não queríamos voltar pra casa. Videogame era pra rico. Celular mal existia e era o tijolão da Nokia. Vivo dizendo que a melhor época para ser criança foi a nossa. Já tínhamos um pouco mais de liberdade, crescemos aprendendo a valorizar as coisas simples da vida, o contato físico e o afeto. Aprendemos a compartilhar momentos, brinquedos e tudo que fosse possível. Que saudades!

    "Que tempo bom, que não volta nunca mais".

    Beijos,
    Gaby Dahmer

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai que bacana Gaby,fico muito feliz quando os textos tem esse poder de nostalgia e reciprocidade. ♥

      Excluir
  3. Gostei da sua postagem, sempre estou visitando seu blog e lendo suas postagens.. Seu blog está salvo em meus favoritos..

    Parabéns!

    Amo seu blog ❤️ ..

    Meu Blog tudosobreobadoo.com

    ResponderExcluir
  4. As festas de antigamente eram muito mais gostosas do que a atual! Eu adoraaava fazer aniversário kkkkkkkkk.
    Ter que fazer tudo "caseiro", manualmente era prazeroso demais!

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
  5. ah eu que ja passei dos 30 compartilho esse sentimento, tbm amava essa simplicidade das festas de antigamente...

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  6. Amei o texto. antigamente, as festas eram só em idades que fossem importantes e ainda eram só pro povo da família mesmo. Hoje em dia, fazem festa luxuosa para crianças e nem se importam com o valor de ensinar a simplicidade
    beijos
    http://lolamantovani.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente Tayane, falamos como nossos pais... "antigamente" kkkk

      Excluir
  7. Das coisas simples se fazem os grandes momentos da vida...

    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderExcluir
  8. Era assim mesmo e a gente era mais feliz e se divertia mais nos aniversários.
    Parabéns atrasado.
    Bom restante de semana!

    Jovem Jornalista
    Fanpage
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir
  9. "Não tinha viagem para a Disney de presente, nem iphone, mas tinha balinhas de graminha na mesa, tinha correr com os amigos na varanda pra brincar de pique esconde." nossa muita verdade, lendo seu post lembrei das minhas festas de aniversário, eu me divertia tantooooo...
    Era maravilhoso ganhar brinquedos. Nossa que tempo bom!
    Também não invejo as festas super glamurosas de hoje, mas sinto pelas pessoas que não ter a oportunidade de experimentar o verdadeiro e puro sabor de uma festa de aniversário.
    "O pessoal da antiga era feliz com coisa simples, e não que isso diminui nossa perceptiva, mas a gente vê essa nova geração e pensa: eu conto ou você conta!" cara, é muito isso hahaha!!
    Eu te desejei parabéns pelo facebook, mas desejo aqui também: feliz aniversário, tudo de melhor na sua vida, que você tenha sucesso em tudo!
    Simone, você é incrível! ♥

    https://heyimwiththeband.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Val e comentários assim que alimentam esse blog! #gratidão

      Excluir
  10. Eu to passada que você tem trinta anos! Só pode ser mentiraaaaaaaaaaaaaaaa, você parece ter vinte e pouquíssimos!
    Final desse mês sou eu, não aos 30, mas de aniversário mesmo, e nem sei o que farei de comemoração!

    Com amor, ♥ Bruna Morgan

    ResponderExcluir
  11. Também recebi muitos pijamas e meias quando era pequena! Ficava super chateada mas agora sinto muitas saudades :)

    http://purflefox.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  12. Nossa, é verdade...o que eu mais sinto saudades é do natal em família.

    Beijos ♥

    Jéssica || Fashion Jacket
    www.fashionjacket.com.br

    ResponderExcluir
  13. ótimo post!
    bjs flor
    http://www.pinkbelezura.com/

    ResponderExcluir
  14. Beautiful post, dear! You look lovely!
    Hugs ♥

    ResponderExcluir

Obrigada por visitar a Cherry Acessórios e Afins, seu comentário é muito importante para nós