SERÁ QUE AINDA EXISTE AMOR?

by - agosto 24, 2018

Eu não sou muito de falar, na verdade eu sou um pouco, mas sou muito mais de observar. Conheço pessoas que nem sabe que existo, sou intima de pessoas que mal falo um oi, apenas pelo fato de observar. Algumas pessoas diriam que gosto de cuidar da vida alheia, no meu ponto de vista não, gosto apenas de observar, não falo com ninguém, não comento, apenas escrevo. De forma leve e suave, sem dar nome aos bois.
O que mais gosto de observar são relacionamentos: sempre fotos tão lindas, escritas tão românticas, sempre algo de se invejar. Eu não posso muito reclamar vivo um relacionamento que talvez também seja de se invejar, claro que não é perfeito, mas é algo de se encantar. O problema que enfrento é de sempre observar e a partir dai idealizar, crio circunstâncias comigo mesmo e parâmetros que eu mesmo quero quebrar nada real tudo apenas na minha psique.
Eu vejo amigos que resolveram tentar, eu vejo em tão pouco tempo lindas declarações de se apaixonar, vejo fotos e fotos, e beijos e abraços e eu te amo. Vejo uma aliança, vejo as coisas acontecerem e todos dizer: nasceram um para o outro só pode ser o destino por isso toda a rapidez, toda certeza e confiança. 
Eu vejo sorrisos, casa junta, vejo um cachorro. Eu vejo o futuro esperado em quatro anos acontecendo em questão de meses. Eu vejo boate, cigarros e cervejas, novos amigos, novos costumes, a velha casa. Vejo um cara, novos abraços e novos beijos. O que foi que aconteceu? Todo mundo tem a chance de começar de novo, claro. Semanas se passaram e já vejo novos planos, novos panos, novas frases, menos poéticas, mas sempre profundas, vejo um eu te amo. 
Que lindo, o amor renasceu, é agora eu observo. Encontrou aquilo que faltava, o vazio que não completava tão bem o sorriso, agora é perfeito, agora é pra ser. Agora não vejo nada. Sumiu. O que foi que aconteceu? 
Eu vejo novo estilo, novo cabelo, de novo cigarros. Vejo uma reviravolta, coisas boas vão acontecer vejo muita coisa mudando em menos de apenas seis meses, mas o tempo não importa e sim a intensidade. Vejo a vontade de viver, vejo outro cara, pera, esse não é novo, talvez seja eu já não sei, vejo corações, vejo um brilho no olhar, vejo frases apaixonadas e uma vergonha de se expressar, vejo um eu te amo. 
Será? Talvez, a intensidade, o estilo de vida, a beleza não sei. Depende o que se entende do que são possíveis as pessoas, ai as pessoas se perdem em meio a tantos vazios. Eu não sei se acredito em tudo que observo, mas quem sou eu para falar, apenas observo, apenas vejo.  
Crônica do meu futuro livro: Metade das coisas! 
Beijos e até o próximo! 💖

You May Also Like

30 comentários

  1. As coisas vão mudando e os planos que fazemos por vezes não acontecem. O que interessa é a intimidade continuar e serem felizes :D

    Adorei minha querida

    Beijinhos,
    DEZASSETE

    ResponderExcluir
  2. Eu entendo perfeitamente o que você escreveu. Sou quietinha, mas estou sempre observando, sem intenção de fofocar, só observo o que as pessoas estão fazendo questão de mostrar
    www.blogsereiando.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As pessoas hoje vivem de um jeito e postando nas redes sociais de outro, falsa vida é uma decadência! =(

      Excluir
  3. Primeiramente, não sabia que vc estava escrevendo um livro... e cara, você escreve bem demais. Tô escrevendo esse comentário com os pés, por que com as mãos eu estou aplaudindo.
    Segundamente, me identifiquei totalmente com o texto. Eu sou essa pessoa observadora, que vê os relacionamentos das pessoas próximas e gostaria de protege-las de desilusões, mas infelizmente eu não posso, então, sigo observando e aprendendo com os erros dos outros.
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah que gracinha de comentário gente, muito obrigada! Ganhei meu dia O/

      Excluir
  4. Que texto lindo, sabe, eu acredito muito no amor.
    Chego até a ser estranha seguindo casais na internet e vendo a evolução, é tão lindo ver o amor se manifestar
    beijos
    http://lolamantovani.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Aaaa você vai lançar um livro? EU QUERO!
    Eu percebo essa "rapidez" principalmente em relacionamentos de celebridades e subcelebridades e as vezes penso que eles tem um buraco vazio a ser preenchido e nunca conseguem...Ainda existe amor e sempre vai existir, mas acho que as pessoas que não estão conseguindo encontra-lo, sabe? Parece que sempre é pouco o que o outro tem a oferecer ou sempre enjoam rápido demais, sei lá. Tambem só observo os relacionamentos por ai, mas no meu circulo familiar e de amigos vejo sim pessoas errando mas percebo que o amor sempre fala mais alto.
    Beijos,

    https://lesjoursdemarcela.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, obrigada pelo comentário Má! #gratidão

      Excluir
  6. Como assim vais escrever um livro? OMG vou querer tanto ler! Porque se há coisa que adoro são as tuas crónicas, a sério escreves mesmo bem!

    beijinho <3
    The Midnight Effect / Instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhh que gracinha! muito obrigada de verdade Manu.

      Excluir
  7. Oi =)
    Fiquei muito feliz em saber que você está escrevendo um livro, espero poder publicar o meu em breve também ♥
    Adorei sua crônica (sou fã) também adoro observar relacionamentos, mas vejo que a maioria não está tão interessada em ficar muito tempo :/
    Espero que todos eles encontrem o amor também.

    Beijos de Luz,
    Marina | www.meudoceapartamento.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhh obrigada ♥ Fiquei feliz com seu comentário!

      Excluir
  8. I'm a true believer that love exists and can be found. Beautiful post!

    www.fashionradi.com

    ResponderExcluir
  9. Oie,
    Adorei! É sempre bom observar, eu observo muito também. Mas algumas vezes observo coisas que preferia não observar. Essa intensidade, essa velocidade, as vezes dá a sensação que esses "eu te amo" não são sinceros, não são reais, e isso assusta.
    Beeeijoo!!!

    Grazy Carneiro
    Meus Antídotos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo comentário Grazi. E é exatamente isso mesmo!

      Excluir
  10. Eu acho uma loucura o quanto a vida pode mudar de uma hora pra outra! Em uma hora estamos ótimos e na outra, já estamos com novos amigos, novo companheiro... Eu tenho meu há seis anos, mas tenho amigas que trocam rapidamente, se entregam, terminam e vão vivendo esse ciclo, mas que são felizes. Eu amei essa crônica ♥

    www.vestindoideias.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo carinho ♥ e por compartilhar sua visão nos comentários !

      Excluir
  11. Que texto lindo! E que bacana voce estar escrevendo um livro :D Sucesso! bjs

    Conheça meu blog :) | Meu perfil no instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada fico feliz que tenha gostado! Abraços!

      Excluir
  12. Simone, você está escrevendo um livro, que máximo! Sucesso nessa nova empreitada, viu?
    E, realmente, uma das coisas que eu mais observo nos relacionamentos atuais é a velocidade desse ciclo de amor, entrega e recomeço. Sinal dos tempos, talvez? Beijo, beijo :*

    ResponderExcluir
  13. Que texto lindo!!Realmente uma das coisas que acontecem nos relacionamentos de agora, é a velocidade, tudo acontece muito rápido.

    beijos

    http://onlyinspirations.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acontece mas não acontece né. A superficialidade acaba muito com as coisas.

      Excluir
  14. Que crônica mais bacana, Simone! Eu curti!
    E sou como você, fico só observando. E na boa, acho que nenhum relacionamento é perfeito, né? Na frente aquela fachada maravilhosa, por trás...
    Parabéns pelo seu futuro livro!

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente isso, obrigada Pathy, acompanhe sempre!

      Excluir
  15. Seu futuro livro? Que lindo ♥♥♥ já quero!!
    Adorei essa frase "as pessoas se perdem em meio a tantos vazios" concordo muito.
    Acho que o que é dito no texto não tem nada de amor, é mais a ânsia de encontrar alguém e a rapidez dos relacionamentos hoje em dia.
    Poucas pessoas tem a paciência, o tempo e a insistência que o amor solicita.

    https://heyimwiththeband.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E por isso cada vez menos vemos esse tal amor.

      Excluir

Obrigada por visitar a Cherry Acessórios e Afins, seu comentário é muito importante para nós