O QUE NINGUÉM TE CONTA SOBRE TER PROBLEMAS!

by - março 09, 2018


Dias atrás uma amiga veio aqui em casa conversar, ela estava passando por momentos difíceis tinha acabado de voltar da sua primeira sessão de terapia e estava se sentido mal com isso, escutei ela com carinho e atenção e tentei buscar palavras para que ela pudesse se sentir melhor. Eu não sou uma pessoa muito boa nisso mas pelo menos eu gosto muito de tentar, não tenho palavras bonitas mas sempre falo de coisas que aconteceram comigo porque creio que os exemplos ajudam a aprender grandes lições. A conversa foi legal e acho que de alguma forma eu fiz o que queria, deixei ela se sentindo um pouco melhor. 

No meio da conversa ela disse que eu parecia tão segura de mim, que sabia de tanta coisa e de queria ser assim. Na hora congelei e pensei: Oi? Eu? A rainha das crises, a montanha russa em pessoa, a oscilação do bem e do mal? Cara, fiquei de cara! Essa era a visão que eu passava para as pessoas? No inicio achei legal mas neem de muito longe era essa a verdade e na hora já desmistifiquei e disse que eu tinha muitos problemas, mais do que o normal assim como todo mundo a diferença tava no modo de lidar e manifestar tão problemas e sofrimentos.

Eu nunca gostei de demonstrar minhas fraquezas, para chorar na frente dos outros e pedir socorro por algo que me incomoda é muito raro, apenas quando chego no meu limite. O meu meio de lidar com as coisas não é o mais correto mas é o que me sinto confortável, encontro alento em músicas, em álcool e claro na escrita.

Sempre que estou com algum problema me isolo, não mostro pra ninguém, mas só eu sei o que vivo depois da 00:00 trancada no quarto em casa sozinha.

E é assim do nada, você não sabe bem dizer quando foi que começou a sentir-se mal, quando os problemas aparecem, mas as vezes vem aquela sensação de que não consegue dar conta da vida. O  motivo desses sentimentos é simples: A gente cobra muito de si.

É muito fácil falarmos palavras bonitas para outras pessoas e fazer com que elas se sintam bem, mas quando o problema tá do nosso lado se não sabemos se vai mesmo. Quando somos nós a pessoa com problemas, nossa mente funciona exatamente oposto. Somos especialistas em auto sabotagem.

Se estou triste no lugar de colocar aquela música animada, já coloco aquela mais depressiva, em vez de procurar algo para fazer e sair, busco me trancar e isolar... Isso é instinto, normal.

Os problemas são infinitos:  nos culpando, por exemplo, quando alguém simplesmente vai embora sem se despedir, quando terminamos aquele relacionamento que gostávamos muito mas já não vinhamos  futuro, pelo trabalho que não está dando certo, pelo projeto que teve caminhos não esperados.pela vida do outro que tá melhor que a nossa.

Vivemos com um sobrepeso das bagagens que carregamos na vida, andando com mais peso do que deveríamos carregar, como se tivéssemos responsabilidades e controle sobre tudo que ocorre em nossa vida!

E não temos! As coisas as vezes são como tem que ser e ponto. Tá talvez você não viva o que queria viver, mas sem dúvida onde você estiver algo de bom tem acontecido você só não vê. Mude o ângulo, mude o foco...  

Mais uma vez é fácil dizer pra você, não sei se vou conseguir viver. Mas de qualquer forma eu vou tentar entender que no final algo sempre vai da merda mas mesmo assim é possível reinventar e começar tudo de novo.

Você pode ter problemas só não pode ficar presso nele pra sempre!

E você tem passado por esses dilemas da vida adulta? Qual sua válvula de escape? 
Conte aí nos comentários vamos nos ajudar!

Beijos e até o próximo! 💖 

You May Also Like

23 comentários

  1. Oi!! Realmente temos e teremos sempre problemas e questões a resolver. A cada escolha, a cada mudança, a cada surpresa. A vida vai se movimentando e a gente vai se encontrando. O melhor é saber que tudo passa e que, no fim, tudo se ajeita! ;)

    beijos!!

    https://ludantasmusica.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. MDS, que texto mais necessário pra minha vida nesse momento. Também tendo a me isolar e tento não mostrar minhas fraquezas e a vida que exibo as vezes é de que tá tudo bem e que não tenho problemas, que sou segura e feliz. Mas eu sou um poço de dúvidas e de auto sabotagem, sério. Preciso muito lutar diariamente com isso e seguir como tu falou, pensando em novos ângulos, tendo esperança e acreditando em mim mesma. Parabéns por levantar essa discussão aqui e por compartilhar esses pensamentos com a gente. Obrigada <3

    Beijos,
    brilhodealuguel.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que meu texto te ajudou um pouco fico feliz de compartilhar assim gente se sente menos bizarro e mais feliz <3

      Excluir
  3. Eu também não sou a melhor pessoa na hora de consolar, kk.
    Eu sou o tipo de pessoa que tentava ao máximo esconder meus sentimentos e problemas, acabou que anos vivendo assim me acarretaram muita ansiedade, e junto com outras coisas, hoje eu tomo antidepressivo. Então, aprendi a desabafar, em meio a problemas, eu escandalizo, choro na frente dos outros e não tô nem aí, fazer isso é libertador, depois eu sinto que pode vir qualquer coisa encima de mim que eu mato no peito.
    Amei tua reflexão Sih!
    Beijo, www.apenasleiteepimenta.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hoje em dia é difícil achar quem não toma, nossa geração anda bem sensível e ansiosa. Espero que consigamos mudar! Obrigada!

      Excluir
  4. Adorei o teu post, sem dúvida alguma que dá para refletir! :)
    www.styledays.pt

    ResponderExcluir
  5. Tudo o que eu precisava ler no início dessa semana. Estou nessa bad que você falou e foi do nada...

    Jovem Jornalista
    Fanpage
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir
  6. Gostamos muito do texto, realmente todos temos problemas e nem sempre sabemos como lidar com cada um deles nós também nos isolamos e sempre acaba parecendo que está tudo bem quando realmente não está. infelizmente guardar sentimentos pode acarretar problemas futuros, mas aos poucos estamos lidando melhor com problemas.


    Beijos


    http://onlyinspirations.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com o tempo vamos aprendendo a lidar melhor e essa é a vantagem da vida adulta rs

      Excluir
  7. Eu tento parecer forte, mas sou sensível diante dos problemas. É dificil para alguém admitir suas fraquezas. Muita gente aparece, mas nem todos estão dispostos a ouvi-la.
    Tem que encarar de frente, sem medo. Uma hora esses problemas vão se resolver.
    big beijos,
    Lulu
    www.luluonthesky.com

    ResponderExcluir
  8. Oie, tudo bem?!

    Eu sou a primeira a "desmoronar" quando estou passando por algum problema (em casa, no trabalho, no curso de inglês, com os amigos...). Enfim, eu vejo isso como uma fraqueza minha, porque além de sofrer bastante, eu fico remoendo tudo o que aconteceu por muito tempo depois :( Às vezes eu sinto que preciso ser forte, mas nem sempre dá :|

    Beijos
    www.procurei-em-sonhos.com

    ResponderExcluir
  9. Amei sua reflexão, nunca gostei de expor os problemas e minhas fraquezas, até porque muita gente se aproveita disso, e por isso, as pessoas sempre me veem como uma pessoa que não tem problemas, que tem a vida ''perfeita'', e na realidade sabemos que é longe disso, né?

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por isso é bom ser o mais sincero e transparente possível ...

      Excluir
  10. Ai ai, benditos dilemas da vida adulta. Fazer o que né? Mas gostei tanto do seu texto, é um daqueles que dão ânimo sabe? Concordo com tudo, algo da errado e a gente já vai se sabotando querendo desistir de tudo, mas é a vida e a gente precisa viver. Procurar soluções e as coisas boas nisso tudo é que deveria ser o foco
    Charme-se

    ResponderExcluir
  11. Eu comecei a ler tendo um pensamento, terminei tendo outro pensamento ahahaha

    Como eu entendo isso. As pessoas sempre me falaram que eu era animada, e que eu sempre sorri muito, mas quando você está consigo mesma, sozinha, só vc e vc, parece que tudo isso fica maior. Exatamente como você falou, os problemas são infinitos, e vai depender muito de como vamos lidar com tudo isso.

    Uma das coisas que mais to aprendendo, é que o único controle que temos é de nossas ações e isso podemos mudar, mas o que vem de fora, não temos nenhum controle…

    Achei esse post muito digno sério!, muito lindo, muito sincero e muito real!

    E com certeza a minha válvula de escape, é escrever e compartilhar essas situações com as pessoas, para elas verem ninguém está sozinha né <3

    www.mairanamba.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada pelo comentário, meu prazer em escrever se satisfaz muito quando meu texto alcança os objetivos que queria! <3

      Excluir
  12. Oi Simone, todo mundo tem problemas, né? Por mais que a gente não transpareça. Para mim, o negócio é tentar não sofrer à toa, por coisas que eu não posso mudar ou controlar. No mais, é respirar fundo e vida que segue. Beijo, beijo :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tentar não sofrer sem motivos e não se sabotar é a melhor opção!

      Excluir

Obrigada por visitar a Cherry Acessórios e Afins, seu comentário é muito importante para nós